O que eu não estava fazendo

segunda-feira, junho 25, 2018

Oi sumida! Oh, frase famosinha, né? Tem meme, tem camiseta, tem música com ela. mas, a sumida aqui sou eu!

Fiquei offline novamente. Nossa Fabi, troca essa internet! Troquei. Mas, ao longo de três anos eu aprendi que quando falta dinheiro o primeiro corte vai para as contas supérfluas, não que a internet em casa não seja necessária, mas de todos os necessários ela é a última da lista.

Bom, e depois que ela voltou, eu fiquei desanimada, muito. Sabe quando não sabemos o que escrever, sobre o que falar? Eu estou assim. Eu não tenho conseguido fazer muita coisa - pra não dizer coisa nenhuma - e então, resolvi escrever uma lista de coisas que eu não fiz durante todo o período em que estive aqui do lado de cá, vendo a vida passar.

  • Não levei à diante meu propósito de assistir a um filme por semana. Como meus filmes se resumem ao catálogo da Netflix, fica um tanto difícil quando não temos internet. Mas, já retornei a assistir aos filmes e fui logo ao queridinho do streaming  "A barraca do beijo".
  • Meu livro, que eu disse lá em janeiro que começaria as pesquisas, está nesse momento no telhado. Eu realmente comecei as pesquisas, mas ainda não consegui montar a estrutura dos acontecimentos, e eu só consigo pensar na capa. Acho que meu cérebro precisa ter algo quase real pra se pautar. Como o recesso escolar se aproxima vou aproveitar e tentar escrever um pouco agora em julho.
  • Não li nada! Apenas um livro, Kindred - que livro ótimo - e no momento estou com "Me chame pelo seu nome", estou gostando.
  • não fiz nenhum projeto diy, o que é uma pena, porque amo e não tenho feito nada.
  • os arquivos - poster, adesivos e afins - estão parados há tempos, nada de interessante sai dessa cabecinha...
  • vou vender minha coleção de "Florzinhas", tirei todas as fotos, montei um site/blog, fiz pesquisa e... Nada! Não coloquei nada no ar.
  • A Harlequinn não venderá mais livros em formato de banca, enviaram um email em maio e avisaram. Acho que os livros que sobraram estão vendendo na Amazon. No email que nos foi enviado dizia que a editora lançaras seus autores no formato de livraria. Comecei a fzer um post bem bacana com os autores consagrados que aqui no Brasil saíram primeiro em banca de jornal e minha ideia acabou naufragando, acho que ainda dá tempo.
  • não comemorei o aniversário do blog! Eu esqueci! Pretendia fazer um post bem amoroso falando desse cantinho e de algumas pessoas que fizeram/fazem parte dele. só lembrei hoje, fiquei tão triste...
Pretendo, muito em breve, voltar a alguns projetos e pensar em outros novos, e o mais importante: Realizar!

Beijos e até mais!



Fica, vai ter bolo!

1 comentários

  1. ai Fabi que tenso que tão esses dias, né? mas de verdade espero que melhore, você vai ver! Escreve esse livro, diva!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário!
Qualquer pergunta será respondida nesta página. Fique à vontade para voltar ou clique na opção "Notifique-me" para saber minha resposta!
Beijos e até mais!