Desafio Literário/2017 - Um Queridinho

sexta-feira, abril 21, 2017


Revisitei um queridinho, um livro que amo e nunca deixo de lê-lo. Mas, antes que esse fosse escolhido pensei em vários outros e quando comecei a reler esse foi que caiu minha ficha e vi que poderia colocá-lo nessa categoria, eu não estava esperando, simplesmente aconteceu.

O meu "Queridinho" é O Diário de Anne Frank. O livro que tenho em casa é a 11ª edição (com tradução de Élia Ferreira Edel), que se não me engano é da década 80, ele está bem acabado, mas é a versão que li e reli várias vezes, e é também a que eu li para escrever essa resenha, que modéstia à parte considero muito boa! O livro que me fez revisitar essa obra foi a versão definitiva que a Editora Record lançou em 2015 com tradução de Alves Calado.

Como eu já havia dito na resenha, o diário que conhecemos foi editado por Otto Frank ocultando partes que a menina falava sobre sua mãe, irma e sobre sexo. Mas, o que eu não sabia é que essa era apenas a versão "C" do diário, que ele havia feito uma compilação das versões "A" (original) com a versão "B", a que Anne estava reescrevendo com pseudônimos e algumas notas, caso ele fosse publicado (como queria alguns políticos) depois da guerra. A nova versão que li possui mais material e um ou outro dia está com anotações que Anne fez depois quando reescrevia seu diário.

Quero dizer que, não importa qual a versão que leu esse ainda é um livro profundamente tocante e sua história não deve ser esquecida jamais!


Você pode gostar de:

2 comentários

  1. nunca li, você acredita Fabi, minha maior vergonha literária!

    ResponderExcluir
  2. eu me sinto a renegada pq eu nunca li esse livro e nem tenho interesse kkkkk

    perolasdelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário!
Qualquer pergunta será respondida nesta página. Fique à vontade para voltar ou clique na opção "Notifique-me" e receba por email.
Beijos e até mais!