Cavaleiro da Meia-noite - Diana Palmer

quarta-feira, abril 09, 2014

Título: Cavaleiro da Meia-noite
Título Original: Midnight Rider
Tradutor: Leandro Santos
Autora: Diana Palmer
Editora: Harlequin
Ano: 2014

Colston Barron havia ficado rico com muito esforço e trabalho, ele possuía tudo o que um homem poderia querer, mas ele queria algo que o dinheiro não poderia comprar, queria comprar o respeito da sociedade texana local, e ele acreditava que se conseguisse um marido com um título de nobreza para sua única filha Bernadette, o respeito que queria viria com ele. Ele tentava a todo custo conseguir esse marido e nem se importava se algumas vezes colocava o bem estar de Bernadette em risco, era um pai relapso e por vezes omisso em relação à filha.

O conde espanhol Eduardo Cortes sabia que seu lugar era no Texas, e lutava com unhas e dentes para viver da terra que havia herdado de seu falecido pai, e que a mãe uma socialite descabeçada inconsequentemente havia dilapidado.

Durante anos Bernadette escondeu o amor que sentia por Eduardo, e para disfarçar vivia as turras com o mocinho, esse que na presença da jovem esquecia suas boas maneiras. Mas, um pequeno comentário de Bernadette sobre seu título e a necessidade crescente por dinheiro instiga Eduardo a fazer uma combinação com a moça onde os dois sairiam ganhando.

Li poucos livros a Diana Palmer e apenas um antes desse era histórico e pude perceber que as mocinhas históricas da autora são mais fortes e menos frescurentas que as contemporâneas.

Adorei esse livro, achei a narrativa muito intensa e interessante. Bernadette é forte e contestadora, não se intimida com qualquer coisa, sempre expõe suas opiniões e por vezes as defende de forma convincente.

Eduardo também é forte, justo e muito decente. Notei certa cabeçadurice, mas passa ao longe dos ogros habituais de Diana Palmer.

Prestei muita atenção ao ler esse livro, pois não queria deixar passar despercebida nenhuma referência aos Homens do Texas. Quem já leu algum livro de Diana Palmer e pesquisou um pouco sabe ela escreve sobre um intrincado grupo de personagens moradores ou não de uma cidade chamada Jacobsville, onde esses personagens ou aparecem ou participam do livro uns dos outros formando uma série enorme com direito a subséries, sagas e subsagas.

Assim que terminei de ler esse livro, corri para o Romantic Girl onde a Suelen mantém uma página exclusiva para Diana Palmer e seus Homens do Texas (aqui), mas não havia nada e bem recentemente ela postou sua resenha desse livro eu pude conferir o que estava procurando. A Suelen fez uma ligação bem bacana Eduardo e outros personagens deperianos, para saber sobre isso é só clicar aqui.

Adorei esse livro, porque ele tem tudo que eu gosto: é histórico, a mocinha é inocente, porém destemida, o mocinho possui uma leve ogrice e tem mistério! Sim temos um mistério nessa história.

Recomendo muitíssimo! Vale a pena conferir!

Você pode gostar de:

8 comentários

  1. kkkkkkkkkk "frescurentas" foi óóótimo
    A mocinha é porreta mesmo, adoreeeei!!!
    Obrigada pela referência, me senti agora, hehehehe!!!!!

    Bjnhs!!!!

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não são? rsrsrsrs.
      Claro que cito vc, é a maior referencia em DP que conheço!
      Bju

      Excluir
  2. Oi, Fabi!

    As mocinhas da Diana são "frescurentas" mesmo! kkkkkkk Se bem que de vez em quando você encontra cada mocinho, que, ah, dá vontade de bater com a cabeça dele no concreto! hehe

    Esse livrinho eu ainda não li, mas ele deve ser bem legal!

    Beijos,
    Inara
    www.lerdormircomer.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Inara, os mocinhos da Diana são uns cavalos, pelo menos 90% deles!
      Bju e obrigada pela visitinha
      :)

      Excluir
  3. Ja li ótimos comentários e olha aprendi a gostar da DP graças a Suelen e suas resenhas divertidas!!!
    adoro ver resenhas qui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As resenhas da Suelen são excelentes, eu adoro!
      Bju!

      Excluir
  4. Bateu saudades da DP, pois tem um tempinho que não leio nada dela. Acho que vou separar algum para o fim de semana.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Separa sim! É tão bom uma leitura rápida e leve de vez em quando :)

      Excluir

Fico muito feliz com seu comentário!
Qualquer pergunta será respondida nesta página. Fique à vontade para voltar ou clique na opção Notifique-me para saber minha resposta!
Beijos e até mais!