A Passagem do Anjo - John Sack

quinta-feira, julho 04, 2013

Título: A Passagem do Anjo
Título Original: Angel's Passage
Autor: John Sack
Tradução: Alves Calado
Editora: Sextante
Ano: 2009

Frei Angelo Lorenzini desde pequeno sofre com a sina herdada de seu avô. É um lobisomem, e ele luta a todo custo para refrear os mais variados tipos de sentimentos destrutivos que consomem sua alma.

O livro começa com Angelo encarcerado na Palestina a mando do Papa Bonifácio VIII com quem tem uma rixa desde que eram meninos. No cárcere, Angelo tem tempo suficiente para pensar em sua vida e tudo o que aconteceu para que ele chegasse à situação em que se encontra.

Aos 13 anos seu pai morre e ele se torna o novo senhor da casa, o conde Lorenzini. Angelo vê sua mãe que antes era submissa e constantemente espancada por seu pai se tornar amante do novo padre, então é mandado para a Torre Del Lupo, casa de campo da família para se tornar um bom administrador. Ele não entende porque de repente é colocado para fora da vida de sua mãe, mas ali ele conhece o que é a liberdade e também o amor.

No campo Angelo conhece Maria por quem se apaixona e mantém um caso até a jovem lhe fala que espera um filho seu, eles sabem que não podem se casar e num arroubo Angelo lhe dá uma carta de alforria, mas logo se arrepende, entretanto Maria não devolve e é aí os desejos lupinos e a raiva governam seu coração, e atos impensados farão com que Angelo perca seu amor e seu filho.

Desgostoso Angelo volta para Todi onde conhece seu meio-irmão Silvestre, retorna sua amizade com um amigo de infância, completa seus estudos como aluno e é aceito como aprendiz de um velho maestro para que seja o equivalente a advogado nos dias de hoje. Mas, para sua alma metade lobo não basta dar as caras na lua cheia, ele quer o que não pode ser dele e isso provoca uma tragédia que faz com que ele saia em autoexílio por sete anos.

Bom, esse livro tinha tudo para me conquistar, o enredo é ótimo, a temática sobrenatural também, amo livros históricos, o autor John Sack escreveu livro A Conspiração Franciscana que se tornou um sucesso de crítica. Mas, houve momentos que a leitura tornou-se muito arrastada, a parte político-religiosa me deu nos nervos, achei chata.

O livro contava a história no presente e passado, e isso até que foi bastante interessante, mas o que pegou foi que no melhor momento a narrativa parava para introduzir outro momento da história que muitas vezes nem era tão interessante ou importante. Até um pouco mais da metade gostei muito, mas com o exílio auto-imposto do personagem, achei que o livro ficou bem morninho, quase frio.

Com tudo isso acabei por arrastar a leitura deste livro por quase um ano, e finalmente termino pensando se este foi o momento certo para lê-lo, afinal o livro fala sobre a busca interior do anjo ou do demônio que habita nossas almas, qual deles prevalece em nossa essência, e os leitores aqui do blog sabem que meu momento não é lá muito auspicioso.

Bom, essa foi minha impressão deste livro, e vocês, já leram algum livro e fizessem com que tivessem sentimentos tão controversos? Espero resposta! Bju e até mais.


Você pode gostar de:

6 comentários

  1. Acredito que o momento em que lemos algo é muito importante. Eu comprei esse livro num saldão lá na Bienal ano passado e até agora não li- e nem sei quando vou ler, pra falar a verdade. Não estou no clima. E as resenhas que li dele falam que a leitura é meio "morna". Fica no aguardo.

    bjs!

    Thaís:)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thais!
      Só leia mesmo quando der vontade, porque esse livro é bem arrastado!
      Fiquei muito feliz com sua visita!

      Excluir
  2. Oi Fabi, eu não conhecia este livro, mas a sinopse me pareceu bem atraente. XD
    No entanto não gosto quando inserem muitas questões políticas/religiosas a ponto de atrasar o desenrolar da trama, creio que devemos ter sim o vislumbre bem explicado, mas não mega detalhado.
    Espero que acertes na escolha do próximo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      As questões políticos/religiosas foram muito arrastas me deu vontade de pular tudo, mas resisti e fui até o fim!
      bju

      Excluir
  3. oi Fabi, não sei se leria o livro, ando preferindo leituras mais dinamicas e que fluem mais facil, as vezes livros com informação demais cansam. Gostei de quando você fala sobre a busca do anjo ou do demonio que existe em nós e qual desses dois sentimentos devemos deixar prevalecer em nossa vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thá!
      Demorei mais de três horas para fazer essa resenha!Não conseguia imprimir meus sentimentos, mas por fim parece que consegui!
      Que bom que vc gostou do que escrevi, foi com sentimento.
      Bju

      Excluir

Fico muito feliz com seu comentário!
Qualquer pergunta será respondida nesta página. Fique à vontade para voltar ou clique na opção Notifique-me para saber minha resposta!
Beijos e até mais!