A Casa das Orquídeas - Lucinda Riley

domingo, maio 06, 2012




                             Título: A Casa das Orquídeas
                             Título original: Hothouse flower
                             Autora: Lucinda Riley
                             Editora: Novo Conceito
                             Ano: 2012





Em meio à Segunda Guerra Mundial um segredo que nem mesmo o tempo conseguiu apagar. Três gerações se passaram para que ele pudesse florescer, trazendo consigo, uma revelação que mudou a vida de todos.






Devastada por uma tragédia, Júlia volta para a Inglaterra, não para buscar apoio na família, mas, para fugir das lembranças, viver sem esperar mais nada da vida.

Ao procurar um presente para o pai juntamente com sua irmã, Júlia acaba encontrando desenhos que podem ter sido de sua mãe, morta vítima de câncer quando as irmãs ainda eram meninas. Voltar a Wharton Park trás lembranças do tempo em que visitava os avós que trabalhavam no local.

 Em meio a essas divagações Júlia se encontra com Kit Crawford, herdeiro que tenta liquidar as dívidas herdadas leiloando alguns bens que ainda restaram inteiros. Ali em meio à poeira e objetos antigos eles relembram o modo como se conheceram: ela ao piano, ele escutando e uma tia apoplética exigindo que parem a música.

Dias depois Kit aparece com um diário recém-descoberto e que pode ter pertencido ao avô de Júlia que havia sido jardineiro na mansão. A única que poderia lhe dizer alguma coisa era sua avó Elsie, que aos 87 anos ainda estava bem lúcida.

A partir daí somos tragados pela história de Olívia Drew-Norris e Harry Crawford. O ano era 1939, pouco antes da guerra. Ela, recém-chegada da Índia, tentando se adaptar ao clima, aos costumes, a sua rotina. Ele, um jovem nobre de abastada família, herdeiro de terras e títulos. Entre eles um pai que não demostra o mínimo de afeto, e uma mãe que deseja ardentemente a felicidade do filho. Para o casamento foi um pulo, para as incertezas outro e para completar uma guerra que os separa.

Olívia fez de tudo para que a propriedade continuasse, era a esposa que toda sogra espera para um filho, ela era amada por todos, era doce, meiga, carinhosa, e nem o aborto espontâneo que sofreu logo após a partida de Harry para a guerra, fez com que esmorecesse.

Mas, Olívia não entendia a distância do marido após sua volta do Oriente, onde esteve em uma prisão por três anos e meio. Ela era compreensiva, estava sempre ao seu lado, procurava nunca fazer muitas perguntas, mas o amor, ela sentia, havia acabado.

Não vou contar mais coisas sobre o livro, porque vai perder toda a graça. Ao ler essas páginas fui arremetida por uma época que me chama muito a atenção, o período em que ocorreu a Segunda Guerra Mundial, talvez vocês achem isso um tanto mórbido, mas depois que li o Diário de Anne Frank, não tem como não querer saber tudo sobre o tema.

É claro que essa história não se trata apenas de Olívia e Harry, mas também de Júlia e Kit e de todos os personagens desse livro. Um segredo que desencadeia toda uma onda de esclarecimentos, que a todo o momento suspiramos: “Não acredito nisso”.

Esse livro nos remete a uma frase de novela que diz: Cada mergulho é um flash”.

Era tanto segredo, tanta coisa mal contada, que eu nem sabia mais pra quem eu torcia. Senti raiva da Júlia, que apesar de todo seu sofrimento, não percebia que as pessoas queriam ajudá-la. Quis esganar o Harry por ser fraco traidor. Queria ter dado uns tapas na Olívia por ser tão perfeita. Mas, na realidade os personagens te cativam de tal forma, que não queremos que eles tenham defeitos. 

Vale ressaltar que o Kit Crawford é que pedimos à Deus: dedicado, amoroso, paciente. Quero pra mim! Ops... Meu marido é assim...

Fiquei impressionada com a profundidade dos fatos e dos personagens, e só posso dizer: 

Leiam esse livro e vocês jamais se arrependerão.



Você pode gostar de:

4 comentários

  1. Que linda a história!!! Você se envolveu mesmo, né??? Eu costumo fazer isso tb... mergulhar na história, quando vem uma bomba o coração até falha uma batida!!! =)

    ResponderExcluir
  2. @Danielle
    Adorei esse livro! Ele não faz o gênero adolescente nem livro que virou filme que a Novo Conceito costuma publicar, recomendo muito!

    ResponderExcluir
  3. aiii agora sempre que preciso de uma dica de um romancinho ou livro da hora venho aqui!!! esse ja entrou na listinha, fiquei curiosa para ler o quanto antes :)

    ResponderExcluir
  4. A história é linda. Quero muito ler... Mais um pra lista.

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário!
Qualquer pergunta será respondida nesta página. Fique à vontade para voltar ou clique na opção Notifique-me para saber minha resposta!
Beijos e até mais!