Um homem sem alma - Linden Grierson

sábado, julho 16, 2011


Sabrina 88 (Peper Tree Lane)


"Jean ficou muito grata ao velho tio Gerald. Embora ela, sua mãe e seu irmão pequeno fossem praticamente estranhos para ele, tio Gerald os acolheu com prazer em sua fazenda no interior da Austrália. A casa era velha, e o dinheiro, curto, mas eles se adaptaram perfeitamente à tranquilidade e aos prazeres da nova vida. O único problema era enfrentar a má vontade de Rob, o capataz da fazenda. Jean o achava muito atraente, mas ele parecia detestar a presença das mulheres na casa. E fazia tudo para transformar a vida de Jean num inferno. Por que Rob não se casava de uma vez com sua namorada e deixava Jean em paz?"

Esse livro é diferente! Os florzinha sempre contam a história sob o ponto de vista da mocinha, e esse livro começa sob o olhar do mocinho e do seu padrinho Gerald, e vai alternando entre os três até o fim!
Gerald Delaney e seu afilhado Rob vivem em uma fazenda tranquilos da vida, e não se importam da casa estar caindo aos pedaços, dela estar encardida e cercada de mato. Na verdade não é falta de dinheiro, eles só se importam com as máquinas usadas no plantio, colheita e com as ovelhas. Rob tem um belo carro mas, o usado por Pop e de dar desgosto, a "velha bomba" já passou à muito tempo da hora de ir para o ferro velho.
Essa tranquilidade acaba quando eles recebem uma carta da viúva do irmão de Gerald (vulgo Pop), Marie está passando por dificuldades e pede abrigo à Pop, acreditando que sua casa é linda e que ele tem um monte de empregados, e que elas e os filhos governarão tudo por ali!
Coitados!! Pop e Rob armam um plano pra ver se eles aguentam o "tranco". Nigel, o filho, logo de cara já dá bola fora quando vê o tal carro (eu sempre penso em uma "Brasília" velha, caindo aos pedaços).
Jean, nossa heroína,  percebe de cara que Rob não vai com a cara delas, ela percebe os olhares de desdém  que ele lança em direção à elas, e resolve que nada vai tirá-las da Alameda das Pimenteiras.
Nem a feiura do carro, da casa são suficientes para desanimar Jean e a mãe. Elas arregaçam as mangas e passam à lavar, passar, esfregar, carpinar e pintar tudo o que podem. Rob, é claro, não gosta de nada disso, eles passam o tempo todo brigando, quase se engalfinham e Jean chega até mesmo á dar um tapa no rosto de Rob. Nosso mocinho acredita firmemente que as duas estão destruindo sua tranquilidade!
Com o tempo, as melhorias produzidas por nossa mocinha acabam conquistando Pop, mas Rob apesar de gostar de tudo não dá o braço à torcer, para irritá-la não fala seu nome de jeito nenhum, a chama de: ei! ou! moça! e outras coisas menos de Jean, que se recente da falta de receptividade da parte de Rob, e não percebe que ele dá cada vez mais mostra de preocupação para com ela.
Bom adoro esse livro! Gosto de ver como Jean e Rob se maltratam o tempo, e como ele batuca o piano quando está com raiva. Mas, esse livro tem um grande defeito! Sabe aqueles "florzinhas" que o casal só se beija no final. Pois é, esse é um daqueles!! Eu queria que rolasse uns beijos mais ousados, uns amassos em algum matagal distante!!
Bom, fica adica pra quem gosta!!!!
Bjos 




Fica, vai ter bolo!

6 comentários

  1. kkkkkkk ri bastante no final da resenha! Realmente é muito chato quando os mocinhos só se beijam no final e os romances de florzinha são os que mais tem situações assim =P

    Estava achando a história bem legal, gosto quando o casal briga hehe, mas esse "detalhe" da falta de beijo me desanimou um pouco =/

    (Pq as autoras fazem isso? Tem que ter beijo! hauahuhaaa)

    teh mais

    ResponderExcluir
  2. FABI TEM SELINHO NO BLOG PARA VC LINDA.
    http://alexis-meustesourospreferidos.blogspot.com/2011/07/novos-selinhos.html
    SOBRE A PARCERIA: ACEITO
    BJUS

    ResponderExcluir
  3. Tive a mesma impressão da Miss Carbono! Estava toda empolgada com a estória até ler a parte do "Sabe aqueles "florzinhas" que o casal só se beija no final. Pois é, esse é um daqueles!!"
    Seria ótimo se em meio ás brigas relasse um pega aqui pega acolá rsrsrsrsr
    Mas acho que vou atrás desse livro assim mesmo!
    Bjoss

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Mas faz muitooo tempo mesmo que eu não leio Sabrina, Bianca, Júlia e esses tipos de coleções que eu costumava comprar sempre e ler com o maior prazer! Os meus estão com as folhas caindo! Sempre tenho que ficar grampeando! Um dia ainda volto a comprar e ler essas histórias que fizeram a minha infância e parte da minha adolescência junto de Harry Potter.

    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu também amo este livro! Tudo bem que só rola um beijinho no final, mas fazer o que? Nem todo livro é perfeito.
    O que eu mais gosto neste livro é a transformação dos personagens ao longo do livro, no começo eles detestando as arrumações, as mudanças que elas faziam, mas amando as comidas. Elas achando que o tio era pobre e depois vão percebendo que não é bem assim.
    Enfim, é um livro que vale muito a pena ser lido.
    Cassia

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário!
Qualquer pergunta será respondida nesta página. Fique à vontade para voltar ou clique na opção Notifique-me para saber minha resposta!
Beijos e até mais!