Harry Potter e a Pedra Filosofal

terça-feira, junho 07, 2011



'Harry Potter e a Pedra Filosofal' conta a história de um menino que dorme embaixo de uma escada na casa dos tios. Quando ainda bebê, Harry teve sua casa invadida por um terrível bruxo responsável pelo assassinato de seus pais e é o único sobrevivente. Porém, Harry não sabe disso, e acha que é apenas um garoto normal que às vezes parece fazer coisas estranhas acontecerem. Entretando, no dia de seu aniversário de 11 anos, Harry recebe uma visita inesperada e descobre que é um bruxo, assim como seus pais foram, e que está convidade a ingressar na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Harry, então, vai para Hogwarts, onde irá aprender poções, feitiços e a jogar Quadribol, e se meter em aventurar que irão ensiná-lo sobre a vida.
Quando li esse livro pela primeira vez foi como se eu tivesse voltado à infância. Eu li a contra-capa e pensava "Será que ele mora embaixo da escada mesmo?" Pois é, morava! E de lá para Hogwarts, e de lá para o mundo.
Devorei o livro, amei, me conquistou!!!
Harry e seus amigos( principalmente o Rony, me fazia lembrar da minha infância, muitos irmãos e roupas de segunda mão), a descoberta de um mundo novo, uma segunda chance, um recomeço...
Eu adoro esse livro e toda a série. Minha filha de 8 anos está lendo, é claro que influenciada pelos filmes, mas já vale a pena. Recentemente emprestei minha coleção para uma amiga e ela também se apaixonou. é claro que tem aqueles que dizem: "Não li e não gosto". Mas fazer o que? Se todos gostassem do amarelo, a o que seria do azul??

" Sua mãe morreu para salvar você. Se existe uma coisa que Voldemort não consegue compreender é o amor. Ele não entende que um amor forte como o de sua mãe por você deixa uma marca própria. Não é uma cicatriz, não é um sinal visível...Ter sido amado tão profundamente, mesmo que a pessoa que nos amou já tenha morrido, nos confere uma proteção eterna. Está entranhado em nossa pele. Por isso Quirrell, cheio de ódio, avareza e ambição, compartindo da alma de Voldemort, não podia tocá-lo. Era uma agonia tocar uma pessoa marcada por algo tão bom."




Você pode gostar de:

2 comentários

  1. Acredita que nunca li esse livro? Sou apaixonada por HP mas minha história com os livros é meio esparsa: Não li o primeiro e nem o terceiro hauhauahauha

    E depois que li o 2º e o 4º já tinha visto os filmes então achei que não precisava haha

    Mas recomendo HP pra todo mundo, principalmente para os que curtem ficção fantástica. (Foi assim que viciei meu vizinho haha, agora ele é mais fã da série que eu xD)

    Ótima resenha, deu até vontade de ler esse primeiro livro, pra saber se tem algo diferente do filme.

    Vc podia resenhar os outros livros da série neh? Fica a sugestão rss

    teh mais

    ResponderExcluir
  2. Aaaiii amo Harry Potter!!

    Sou daquela turma que cresceu junto com o bruxinho!! Assim que o livro saiu na "gringa" e começou o burburinho sobre o bruxinho tratei logo de começar a ler!!!

    Que pena que acabou!!!!!

    Bjos Fabi!!

    ResponderExcluir

Fico muito feliz com seu comentário!
Qualquer pergunta será respondida nesta página. Fique à vontade para voltar ou clique na opção Notifique-me para saber minha resposta!
Beijos e até mais!